14.9.11

não faz assim .




Não. Eu não posso fazer isso.
Eu não posso te enganar, não posso mentir para mim mesma.
Eu sei que fui precipitada, tola, uma perfeita idiota. Mas acontece que, suponho ter o direito de ser humana, e errar.
Eu sei que te magoei. Mas também estou aflita, deixe-me aliviar a minha consciência. Eu não quero justificar o meu erro, mas, por favor, me perdoe.
Não tenho palavras e estou sem ação. Uma sensação estranha aperta o meu peito e sinto que posso me perder se é que já nãoestou perdida.
Mas eu não consigo imaginar nada mais. Não consigo enxergar além do que fomos até hoje.
Poderia me perdoar?
Eu imploro o seu perdão.
Por tudo o que fez por mim e eu não fiz por você.
Por tudo o que te fiz sentir, por tudo o que estou causando, para mim... e para você.

Perdoa-me.
É tudo o que eu posso pedir.

7 comentários:

André Walker disse...

É... é bom perdoar... o ódio apodrece mais o coração de quem sente do que o de quem é vítima!

Luna Sanchez disse...

Sabe o que eu mais queria hoje, Cris? Uma oportunidade de fazer exatamente isso, pedir perdão pelas coisas que deixei de fazer, pelos erros que cometi cheia de intenção de acertar.

Só queria isso, uma chance de dizer como me sinto. E de pedir perdão, mesmo sem merecer.

Chorei.

Um beijo.

Daynara Aparecida disse...

Parabéns pela coragem, Cris.

Srtª Vihh disse...

Perdoar é tudo de bom, dificil, mas no fim vê que vale a pena.
bjOus

Gislãne Gonçalves disse...

Perdoar é difícil, mas faz um bem. Pedir perdão: idem.

Beijos

Soninha disse...

e como é bom não guardar máguas... bonito texto, cheio de emoção!!

Simone Lima disse...

Duas!! rs.
Um desabafo bonito. Eu sei, nem sempre escolhemos fazer algo pra magoar o outro, principalmente se amamos esse outro... Castigo demais é ver quem a gente ama sofrer por nossa causa...

Um beijoo'o