21.9.11

da saudade que sente -




Muito estranho não saber te dizer o tamanho exato dessa saudade, das coisas que mais me faz falta em você, de tudo que sinto quanto percebo o fim. Muito esquisito ter que te deixar partir de uma vez por todas, pra poder voltar a me sentir de verdade. Muito insano consentir que você me perca, e deixar te perder mil vezes pra quem sabe um dia nos encontrar nesse labirinto de nós dois...

Loucura foi permitir que nos déssemos às costas por pura impaciência de desvendarmos os caminhos..

11 comentários:

Luna Sanchez disse...

Às vezes é até melhor nunca descobrirmos onde erramos, principalmente se já for tarde demais pra consertar...

Beijo, beijo, Cris.

André Walker disse...

Nossa! Você é a quinta pessoa hoje que vejo falar sobre saudade...Mas às vezes é bom se perder nos labirintos, um longo caminho sempre ensina grandes lições, faz grandes mudanças...

Abraço!

JasonJr. disse...

rs :D :D :D beijocas minha linda!

Gislãne Gonçalves disse...

É difícil mesmo falar com exatidão do que sentimos saudades.

:)

ticoético disse...

Seria muito bom se pudéssemos ver tudo isso,antes da saudade chegar e se instalar e remoer o coração...enfim,bela.

abraço !

AC disse...

tudo o que 'e bom dura o tempo necessário para ser inesquecível.o que passou passou o que vira vira..

Paulinha Leite disse...

Saudade é um sentimento extenso. Mas pra mim, pior é sentir saudade do que ainda nao vivemos. Um ótimo dia pra vc, que transbordem sorrisos. :)

Simone Lima disse...

Saudade é coisa séria,ai,ai...
Às vezes,a gente pode se afastar e seguir por caminhos diferentes,e quem sabe mais lá na frente,se encontrar! E ser bonito!E ser feliz!

Um beijoo'o

Um Cris novo aí...!!!^^

My- Boa Sorte!!! disse...

Ahh se eu pudesse voltar o tempo! Ah se eu pudesse!! Bjs!!

Natália Rocha disse...

Muito esquisito ver o fim dos planos nossos que só eu sonhei.

Senti cada palavra sua latejando em mim.

Eu amei!

beeijo, lindona!

Thalita Souza disse...

Loucura deixar ir embora a pessoa que pode ser o amor da sua vida.