15.6.11

Que seja doce.


Repito todas as manhãs, ao abrir as janelas para deixar entrar o sol ou o cinza dos dias, bem assim: que seja doce. Quando há sol e esse sol bate na minha cara amassada do sono ou da insônia, contemplando as partículas de poeira soltas no ar, feito um pequeno universo, repito sete vezes para dar sorte: que seja doce que seja doce que seja doce e assim por diante. Mas, se alguém me perguntasse o que deverá ser doce, talvez não saiba responder. Tudo é tão vago como se não fosse nada.

- Caio Fernando Abreu

4 comentários:

Amanda Lemos disse...

Gostei bastante do Blog.
Muito interessante !

É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
http://bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já !

L.Moraes disse...

Seja bem vinda, com muito prazer volto a te seguir! haha
Beijos

ticoético disse...

Bom te ter de volta,espero que dessa vez pra ficar,enfim,bela.

abraço !

Winny Trindade disse...

Bem vinda de volta!!!

Abraço meu!