20.6.11

amor.






- é quando você tem todos os motivos para desistir de alguém, e não desiste.

[William Shakespeare]

6 comentários:

Ives disse...

Quem ama fica junto. Simples assim rs abraços

Jéssica Damasceno disse...

Sobre o amor: quanto mais eu vivo, mais eu descubro que não sei nada.

Que bom q está de volta!


Bjo bjo

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ NARA CABRAL Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Talvez AMAR seja dizer “eu te amo” de uma forma inusitada, numa hora inesperada, ou simples bilhetinho. E falo aqui do “eu te amo” não com o peso que atribuem a ele, mas com a sutileza que eu atribuo. Quer dizer? Diga. Acha que é a hora? Faça. É o que você sente naquele momento? É algo que te toma o coração e sai pela boca? Então fale. Mesmo que amanhã possa não ser nada disso. (mas se for de verdade, amanhã ainda será muito disso).

Talvez AMAR seja fazer planos.

Talvez AMAR não consista em fazer promessas, mas ser fiel. Fiel com os seus sentimentos e emoções, ser fiel com a relação, ser FIEL com o outro, estando ciente de que você fez a escolha de estar com ele.

Talvez AMAR não seja querer que o outro te complete, mas que some. Some desejos, alegrias, realizações, brincadeiras, abraços, carinhos, palavras.


Talvez AMAR não seja fácil porque requer dedicação
Ou às vezes seja fácil a dedicação porque há o AMOR.


Talvez AMAR seja um misto incontável de coisas.

Talvez AMAR seja uma coisa só.

Talvez AMAR seja algo que sempre vão tentar explicar. Talvez seja algo mágico que não tem explicação.

Talvez AMAR seja muito mais que isso.

Talvez AMAR seja além.

Talvez AMAR seja simplesmente saber viver da melhor forma.

Talvez AMAR, talvez o amor…seja isso ou não!

autor desconhecido
bjim

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ NARA CABRAL Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

ola querida bom te ver de volta

TALVEZ AMAR SEJA ISSO...
Amor, amar…algo tão falado, tantas tentativas de se explicar algo que só entende quem verdadeiramente sente. E quando sabemos que é verdadeiro? Basta VOCÊ achar que é.

Talvez AMAR seja querer a companhia da pessoa amada, não 24hrs por dia, porque precisamos de um tempo sozinhos, mas desejá-la nos momentos mais especiais da sua vida, como ir na praça numa noite de sexta, com céu estrelado e calor tomar um sorvete, ver um filme, jogar conversa fora, dividir com ela suas realizações, medos e desejos…

Talvez AMAR seja poder expor o que se pensa, e outro te escutar (com os olhos também) e respeitar,..

Talvez AMAR seja aprender a conviver com alguém totalmente diferente de você, vocês tem afinidades, mas algumas vezes os defeitos e diferenças se sobressaem, e essa é a hora de mostrar o quanto vocês se gostam, se RESPEITANDO.

Talvez AMAR não seja fazer tudo para agradar o outro, mas fazer tudo para agradar os dois, chegar a consensos. Abrir mão na hora certa.

Talvez AMAR não seja proibir o outro de fazer ou ir, e sim dar liberdade para que ele também tenha seus momentos de diversão sozinho, todos precisam, e com a sua convivência dar motivos suficientes para que ele prefira estar com você.

Talvez AMAR é também dar tempo para a saudade aparecer para o reencontro ser ainda melhor. Ligar quando o outro menos esperar só para dizer que está com saudade.
Talvez AMAR seja respeitar o futebol dele e a novela dela. Os filmes de ação dele e os “água com açúcar” dela.

Talvez AMAR seja cuidar, cuidar da relação, cuidar para que o carinho se renove, que as maneiras de início de relacionamento e o desejo não acabem.
continuaçao

Franciellen :) disse...

Nunca fez tanto sentido!

JoabeNunes disse...

Cris que saudades... Que bom que você voltou... Mudei de blog agora é http://minharedoma.blogspot.com/

Saudades *---*